LOGO_HORIZONTAL.png

"A única luta que se perde é aquela que se abandona"

Carlos Marighella   

Fundado em 16 de abril de 2016, véspera da votação do impeachment na Câmara dos Deputados, o Cineclube Marighella tem como principal objetivo usar o cinema para promover debates qualificados sobre temas relevantes para a sociedade, estimulando a formação de senso crítico, a transmissão de conhecimento e a construção de redes de resistência em defesa aos ataques crescentes que trabalhadores e minorias têm sofrido em nosso país. Desde então, já foram realizadas 41 sessões em 14 locais de 3 cidades do estado do Rio de Janeiro, por onde passaram milhares de pessoas.

Clara Charf

Clara Charf (viúva de Carlos Marighella) recebendo a camisa do Cineclube Marighella das mãos de João Pedro Stedile, em São Paulo